Rota das Cachoeiras de Corupá- Santa Catarina

Você gosta de trilhas, cachoeiras e contato intenso com a natureza? Neste post nós vamos te mostrar um lugar que provavelmente é a sua cara!  Conhecemos a Rota das Cachoeiras de Corupá, em Santa Catarina, um lugar composto por trilhas com belas cachoeiras e muita natureza para contemplação. Confira todas as dicas para você conhecer também!

COMO CHEGAR EM CORUPÁ

O Município de Corupá-SC, está localizado à 123 Km de Blumenau, 140 Km de Curitiba, 210 Km de Florianópolis e 720 Km de Porto Alegre.

Rota saindo de Florianopolis (sul) em direção à Corupá.

Localizada na cidade de Corupá no norte do estado de Santa Catarina, a Rota das Cachoeiras possui 14 cachoeiras ao longo de uma trilha localizada em meio a uma das últimas áreas de mata atlântica de Santa Catarina. Corupá está cercada por montanhas da Serra do Mar, em uma região com um rico ecossistema. O acesso pra a Reserva é bem sinalizado e pra chegar na Rota das Cachoeiras é necessário percorrer uma estrada de cascalho (bem conservada) de 14 Km, a partir do trevo da cidade.

A ROTA DAS CACHOEIRAS

A trilha da Rota das Cachoeiras é de nível moderado com vários trechos bem inclinados que exigem certo preparo físico. O trajeto tem um desnível de aproximadamente 600 metros e é realizado pela trilha denominada “Passa Águas“, que fica situada junto ao Rio Novo.

A trilha Passa Águas tem quase 3 km de distância e leva cerca de 4 horas pra ser percorrida até a última cachoeira. Este tempo pode variar dependendo do condicionamento físico e/ou tempo de paradas para descanso, apreciação e fotografias. Por este motivo, o acesso à Reserva é feito com horário controlado.

As 14 cachoeiras que formam a Rota das Cachoeiras de Corupá são: a Cachoeira do Suspiro, a Cachoeira da Banheira, a Cachoeira dos 3 Patamares, a Cachoeira da Pousada do Café, a Cachoeira do Repouso, a Cachoeira do Remanso Grande, a Cachoeira da Confluência I, a Cachoeira da Confluência II, a Cachoeira das Corredeiras, a Cachoeira do Tombo, a Cachoeira do Palmito, a Cachoeira da Surpresa, a Cachoeira do Boqueirão (interditada) e a Cachoeira do Salto Grande.

Rotas com as 14 Cachoeiras

O acesso até a primeira cachoeira do percurso possui infraestrutura para cadeirantes, já o resto do percurso é feito em trilhas mata a dentro. Alguns trechos mais críticos possuem escadarias, passarelas e pontes para facilitar na caminhada. A trilha é muito bem sinalizada e ao longo da Rota das Cachoeiras, existem diversas placas indicativas sinalizando direção, nome das cachoeiras, distância percorrida, distância restante e outras informações.

Apesar de não termos finalizado a rota devido ao meu joelho e ao tempo que seria insuficiente para subir e descer em nosso caso, recomendo muito , pois no final da trilha encontra-se a Cachoeira do Salto Grande, tem cerca de 125 metros de altura e proporciona um belo espetáculo!

Ao final da trilha fomos conhecer o Seminário da Sagrada Família que possui uma construção em estilo arquitetônico gótico-romano, construído em 1929. Possui 20 mil metros quadrados de área construída abrigando: capela, museu, teatro, rancho da lagoa, aeromodelismo, fábrica de velas, pavilhão de eventos, restaurante e campos de futebol.

DICAS IMPORTANTES

  • A caminhada pode ser bem cansativa para alguns, porém vale cada subida. Se sua intenção for chegar até a ultima cachoeira da rota (14) completando todo o percurso, aproveite para relaxar lá em cima e contemplar toda a natureza da ultima cachoeira que é incrível, depois a descida será mais tranquila.
  • Existem chuveiros disponibilizados gratuitamente aos visitantes na recepção para você se refrescar no retorno, estacionamento, banheiros e churrasqueiras.
  • Desde 2009, quando duas mortes foram registradas, os banhos foram proibidos para os visitantes em quase todas as cachoeiras. Apenas na 7ª cachoeira, a Cachoeira da Confluência, os visitantes estão autorizados a tomar banho, embora existam pessoas que entrem nas outras.
  • A Rota das Cachoeiras é um dos principais atrativos turisticos da região e atrai turistas de várias partes do Brasil e do mundo. Nos finais de semana do verão a Reserva costuma ficar bem lotada, portanto se tiver disponibilidade de tempo prefira os dias da semana ao invés dos finais de semana.
  • Lembre-se de usar roupas leves, tênis (ou de preferência bota para trilha) protetor solar e repelente. Não esqueça de levar alguma comida como frutas/barras de cereais e muita água.
  • Animais domésticos são proibidos na Reserva, assim como o consumo de bebidas alcoólicas.
  • Valor por pessoa R$ 20,00 (a partir de 5 anos de idade) O ingresso é adquirido somente no trajeto para a Rota das Cachoeiras: Mercado Fossile e Camping e Restaurante Rio Novo (antigo Conrad). Há sinalização. *Não há venda de ingresso na portaria.

HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO

Aberta todos os dias! Entrada a partir das 7:30h, sendo que os últimos horários de entrada para que se possa fazer a visita de forma segura são:
De abril a outubro até às 14h.
De novembro a março até às 15h.

CONTATOS
rotadascachoeiras92@gmail.com  
 http://rotadascachoeirascorupa.blogspot.com.br/
 telefone: (47) 3375.2232 

Para mais informações acesse o site oficial de Corupá, CLIQUE AQUI.

(mais…)

Ilha do Campeche, o Paraíso em Florianópolis!

Continuando nossas aventuras no Brasil, decidimos nos mudar para Florianópolis, Santa Catarina após ter passado 5 dias aproveitado e conhecendo a Ilha da Magia, ficamos encantados com esse paraíso e nessa semana tivemos a oportunidade de conhecer a famosa Ilha do Campeche de incríveis areias finas, claras e águas cristalinas, vamos contar nossa experiência e passar todas as dicas para você também conhecer esse lugar encantador!

Nosso Roteiro em Florianópolis: 5 dias

Florianópolis, conhecida como a “Ilha da magia” é considerada um dos melhores destinos no Brasil e é a 2ª cidade Brasileira mais frequentada e preferida pelos turistas estrangeiros, por suas belas praias e lagoas de diferentes características, coloração, lindas Duas além de morros cobertos por uma vegetação tropical, com cachoeiras, córregos e vistas maravilhosas do alto com trilhas e muito ecoturismo. Tivemos a oportunidade de passar 5 dias em Florianópolis e vamos contar tudo que fizemos nesses dias e o que achamos, para quem deseja visitar bem rapidinho a ilha.